Menu

"A rádio do povo de Deus"


Thalles entrará na justiça contra pastor de União dos Palmares

01 AGO 2013
01 de Agosto de 2013

Em entrevista ao canal Mude Sua Mente o cantor Thalles Roberto afirmou que está processando o pastor Ivonélio Abrahão, o responsável pelo show em União dos Palmares (AL), que se pronunciou no último sábado diante de centenas de pessoas dizendo que o cantor não se apresentou por não ter recebido todo o valor cobrado.

A confusão toda aconteceu no dia 18 deste mês, Thalles e sua equipe foram contratados para se apresentar na cidade que fica a 73 km da capital Maceió. O valor acordado entre a organização do evento e a equipe do cantor evangélico era de R$65 mil e o pastor afirmou no vídeo que pagou R$42 mil desse valor.

Na versão de Abrahão a apresentação de Thalles foi cancelada por conta dos R$23 mil que estavam faltando, mas o cantor nega e diz que a empresa que ofereceu o som também não foi paga e que, por conta disso, poderia desligar os equipamentos durante sua apresentação.

O vídeo com a fala do pastor se espalhou pela internet, a edição mostra que ao anunciar o fim do evento, que teve a apresentação de duas outras bandas, o público se revoltou e foi até o hotel onde o cantor estava para chamá-lo de mercenário. A notícia reascendeu o debate sobre a cobrança de cachê para eventos de louvor e o cantor, que foi muito criticado, gravou um vídeo para se explicar.

Nessa entrevista a Thiago Amaral, Thalles voltou a se justificar e a dizer que devia explicações aos fãs e não às pessoas que não gostam dele. “O que esse cara fez é uma estratégia de satanás para impedir a implantação do Evangelho no Reino”, disse o cantor.

Pastor Ivonélio posta que está abalado

Os ingressos para o show custavam R$35 e a expectativa era reunir 10 mil pessoas, mas por conta das chuvas apenas 500 pagaram o ingresso o que trouxe prejuízos ao pastor que afirma que fez investimento de R$100 mil para a realização do evento.

Em sua conta no Facebook, o pastor agradeceu o apoio de amigos e fiéis e disse que estava abalado com a repercussão do caso. No texto ele agradece aos participantes do evento que não foram pedir o reembolso dos ingressos e disse que essas pessoas serão recompensadas de alguma maneira. “Quanto ao episódio do dia 18 de julho e todas as humilhações sofridas, não tenho nada a declarar, pois não me sinto competente para isso”.

Voltar